quinta-feira, 4 de maio de 2017

problemas

Consta que um antigo político francês, Henri Queuille, disse que a política não é a arte de resolver problemas, mas de silenciar quem os levanta: "La politique n'est pas l'art de résoudre les problèmes, mais de faire taire ceux qui les posent". A frase parece boa, faz sentido, mas não é exatamente o eixo da questão. A política vive de emergências e elas de problemas. Acho melhor a outra, "il n'est aucun problème assez urgent en politique qu'une absence de décision ne puisse résoudre" - não há problema urgente em política que uma ausência de decisão não resolva. Talvez seja que a política não seja o silêncio do problema, mas a sequência que coloca um em lugar do outro (as duas frases estão na wikipedia).

Nenhum comentário:

Postar um comentário